Notas sobre o encontro em Guaramiranga/CE em Agosto de 2019.

Para sempre Epcar

Eu sou a nascente do seu sonho,
Sou o tempo que te fez mudar,
Sou o desafio que superou,
Sou aquela que nunca deixará de amar.

As vezes, sou tristeza da despedida,
Outras, a alegria de voltar.
Sou a emoção dos seus olhos,
Eu sou o seu segundo lar.

Você vem ao meu encontro,
Sabendo que irá partir,
Um menino eu encontrei,
E dele um homem fiz surgir.

Momentos que não voltam mais,
Estão por todas as minhas esquinas,
Levarei-os sempre na lembrança,
Quando sua missão aqui termina.

Seu chapéu voa para o alto,
Sobre meu solo, lágrimas irão cair,
Nos ares logo você estará,
É por essa razão, que o deixo partir.

No ninho, você renascerá,
Meu grande guerreiro do ar.
Sou a nascente do seu sonho,
Sou aquela a quem sempre poderá voltar.

E não importa, onde estará,
Seja no céu, na terra ou no mar,
Saudades irei sentir,
Também nunca o deixarei de amar.

Helena Iop Bellintani, 16, filha do comandante da EPCAr, poema escrito por ocasião do 70ª aniversário da EPCAr.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.